Schumacher não acredita em recuperação de Maradona

O ex-piloto de Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher afirmou neste sábado que não acredita na recuperação do ex-jogador Maradona, atual técnico da seleção argentina. O ídolo do futebol mundial ainda luta contra a dependência química. "É difícil superar essas debilidades. Dá para deixá-las de lado, mas elas não desaparecem", declarou o heptacampeão mundial em entrevista ao jornal italiano La Repubblica. Apesar do comentário, Schumacher disse que torce pela recuperação de Maradona. "Sua recuperação seria uma bonita história para o esporte, mas eu teria que acreditar em fábulas, e isso não é para mim. Tenho minhas dúvidas, mas desejo que ele consiga".Depois de anos tentando se livrar do vício da cocaína, o argentino assumiu o comando da seleção da Argentina neste ano. Antes de aceitar o cargo, Maradona esteve perto da morte em diferentes ocasiões devido ao consumo de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.