Bernd Weissbrod/Efe
Bernd Weissbrod/Efe

Schweinsteiger critica comportamento da Argentina

Jogador ficou irritado ao saber de que Tevez tinha apontado o México como mais forte do que a Alemanha

AE-AP, Agência Estado

30 de junho de 2010 | 09h54

O aguardado confronto de sábado entre Argentina e Alemanha, pelas quartas de final da Copa do Mundo, já está causando polêmica dias antes de ser disputado. Depois de Tevez alfinetar os adversários na terça-feira, ao dizer que temia mais os mexicanos do que os alemães, foi a vez de Bastian Schweinsteiger disparar contra os oponentes nesta quarta.

 

Veja também:

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

Relembrando as quartas de final do último Mundial, quando a Alemanha derrotou a Argentina nos pênaltis, Schweinsteiger disse que os adversários de sábado não têm nenhum respeito por jogadores ou juízes. Depois da eliminação em 2006, os argentinos iniciaram uma briga dentro de campo.

Irritado, Schweinsteiger afirmou que o incidente "ainda pesa muito" na cabeça dos jogadores alemães. Contou ainda esperar que a sua seleção não seja provocada no sábado e que a partida seja disputada sem maiores problemas.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.