Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Schweinsteiger é convocado na Alemanha pela 1ª vez após Copa

Lesionado nos últimos compromissos, camisa 7 volta ao time

Estadão Conteúdo

20 Março 2015 | 11h52

Fora das listas anteriores de convocados feitas por Joachim Löw por causa de lesões, Bastian Schweinsteiger voltou a ser chamado para defender a seleção alemã nesta sexta-feira. Um dos principais líderes do time campeão do mundo em 2014, o meio-campista não veste a camisa do seu país desde a Copa realizada no Brasil e agora volta para integrar a equipe nacional que disputará um amistoso diante da Austrália e um jogo contra a Geórgia pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016.

Schweinsteiger foi nomeado novo capitão da Alemanha depois que Philipp Lahm anunciou sua aposentadoria da seleção logo após ajudar a sua nação a se sagrar tetracampeã mundial, em julho do ano passado. Desde então, porém, o astro do Bayern de Munique não teve como vestir a braçadeira que era usada pelo lateral-esquerdo.

"Bastian é o nosso capitão, ele tem grandes qualidades de liderança", disse Löw ao anunciar os convocados da seleção nesta sexta. "Nós precisamos dele no campo e fora dele também. É um grande benefício para nós tê-lo de volta", completou o treinador.

Além de Schweinsteiger, o defensor Holger Badstuber e o meio-campista Ilkay Gundogan são outros dois que retornam à seleção, mas estes após ficarem longo tempo afastados por causa de lesões. Atleta do Bayern de Munique, o primeiro deles volta após ter jogado pela última vez pela equipe nacional em outubro de 2012, enquanto o jogador do Borussia Dortmund retorna pela primeira vez desde agosto de 2013.

Essa lista da Alemanha também conta com 16 jogadores que disputaram a última Copa do Mundo, assim como traz a presença de Lukas Podolski, chamado por Löw mesmo hoje estando fora de sua forma ideal pela Inter de Milão

O amistoso que os alemães farão contra a Austrália será na próxima quarta-feira, em Kaiserslautern, enquanto o duelo diante de Geórgia está marcado para o dia 29, fora de casa. A Alemanha ocupa a vice-liderança do Grupo D das Eliminatórias da Eurocopa, com sete pontos, três atrás da líder Polônia. Escócia e Irlanda, também com sete pontos, ocupam respectivamente a terceira e a quarta posições nos critérios de desempate.

Confira os convocados da seleção alemã:

Goleiros: Manuel Neuer (Bayern de Munique), Roman Weidenfeller (Borussia Dortmund)e Ron-Robert Zieler (Hannover).

Defensores: Holger Badstuber (Bayern de Munique), Jerome Boateng (Bayern de Munique), Jonas Hector (Colônia), Benedikt Hoewedes (Schalke 04), Mats Hummels (Borussia Dortmund), Shkodran Mustafi (Valencia) e Sebastian Rudy (Hoffenheim).

Meio-campistas: Karim Bellarabi (Bayer Leverkusen), Ilkay Gundogan (Borussia Dortmund), Sami Khedira (Real Madrid), Christoph Kramer (Borussia Mönchengladbach), Toni Kroos (Real Madrid), Mesut Ozil (Arsenal), Lukas Podolski (Inter de Milão), Marco Reus (Borussia Dortmund), Andre Schürrle (Wolfsburg) e Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique).

Atacantes: Mario Götze (Bayern de Munique), Max Kruse (Borussia Mönchengladbach), Thomas Müller (Bayern de Munique).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.