Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Chris Sweda/ AP Photo
Chris Sweda/ AP Photo

Schweinsteiger marca em sua estreia nos Estados Unidos, mas Chicago Fire empata

Jogador alemão precisou de apenas 17 minutos para balançar as redes

Estadao Conteudo

01 de abril de 2017 | 19h50

O alemão Bastian Schweinsteiger fez uma boa estreia pelo Chicago Fire neste sábado, na Major League Soccer (MLS), o campeonato norte-americano de futebol. Diante de sua torcida, o meio-campista precisou de apenas 17 minutos em campo para balançar as redes. Sua equipe, no entanto, chegou a levar a virada do Montreal Impact, mas nos acréscimos conseguiu igualar o placar em 2 a 2.

O técnico sérvio Veljko Paunovic fez mistério sobre a presença do meia alemão até momentos antes da partida. Isso porque Schweinsteiger havia feito apenas três treinos com sua nova equipe. Apesar do pouco contato com os companheiros, ele começou entre os titulares e aproveitou a primeira chance que teve para abrir o placar. David Accam cruzou da direita e Schweinsteiger mandou de cabeça para as redes.

Na etapa final, Matteo Mancuso, também de cabeça, deixou tudo igual aos 16 minutos. O Montreal virou no último minuto da partida com o volante marfinense Tabla. O árbitro deu cinco de acréscimos e, no lance final, o argentino Luis Solignac empatou novamente.

Schweinsteiger permaneceu em campo nos 90 minutos. O meia alemão de 31 anos assinou contrato por uma temporada com o Chicago Fire por US$ 4,5 milhões (cerca de R$ 14 milhões). O empate deixou o time do Illinois com cinco pontos, em sétimo lugar na tabela de classificação da Conferência Leste. O Montreal Impact tem três pontos e está em nono na mesma chave.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol Internacionalfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.