Ted S. Warren/AP
Ted S. Warren/AP

Schweinsteiger nega problema com Mourinho e espera chance no Manchester United

Meia alemão, que sofreu com lesões na primeira temporada em Old Trafford, reitera vontade de permanecer

Estadão Conteúdo

30 de agosto de 2016 | 10h57

Enquanto se prepara para a sua despedida da seleção alemã, Bastian Schweinsteiger também convive com a incerteza sobre o futuro da sua carreira, afinal, o técnico português José Mourinho afirmou ser improvável que o volante seja aproveitado nesta temporada no Manchester United. O jogador, porém, assegura que a situação não o desanima. Ele garante que não pensa em trocar de clube nesse momento e nega ter qualquer problema de relacionamento com Mourinho.

"Eu acredito na minha capacidade. Falei com Mourinho e não tenho nenhum problema com ele. Eu sei quais são seus objetivos, mas também sei o que eu quero. Teremos que ver o que acontece em setembro. Mas eu certamente não vou parar de jogar futebol. O futebol tem altos e baixos. É um negócio difícil e, infelizmente, não apenas um esporte", disse Schweinsteiger, que está no Manchester United desde 2015, mas pouco atuou no clube desde então, atrapalhado por várias lesões.

Mas mais do que pensar no seu futuro, a semana é de celebração para Schweinsteiger, afinal, nesta quarta-feira ele vai se despedir da equipe em amistoso contra a Finlândia. Será o 121º jogo do volante pela seleção, numa passagem gloriosa, com a participação em quatro edições da Eurocopa e três da Copa do Mundo, sendo campeão da última delas, a de 2014.

"Estou feliz que eu tenha a chance de ter um jogo de despedida. Claro que isso é emocionante. Eu tive anos maravilhosos aqui e me sinto grato por ter feito 120 jogos pela Alemanha", disse o volante, de 33 anos, na véspera do jogo festivo em Mönchengladbach.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.