Scolari clama por um lateral-direito

O técnico do Cruzeiro, Luiz Felipe Scolari, pediu nesta segunda-feira à diretoria do clube e da Hicks Muse Tate & Furst, sem esconder a irritação, a contratação urgente de um lateral-direito para compor a equipe, visando à disputa da Taça Libertadores da América. De acordo com Scolari, o ala Luisinho Netto, contratado junto ao Atlético-PR, deverá ficar fora do grupo principal por mais tempo que o previsto, em razão de uma recente cirurgia, e não há jogadores experientes para a posição no atual plantel."Luisinho Netto não está se recuperando com a velocidade que esperávamos e temo não poder utilizá-lo na primeira fase da Libertadores", disse Scolari. "Não podemos entrar numa competição tão importante com improvisações ou com jogadores sem vivência na lateral direita, que é uma posição fundamental, hoje em dia", completou, lembrando que "desde o início do ano" vinha tentando explicar isso aos dirigentes do clube.Entre dezembro e janeiro, antes de fechar contrato com Luisinho Netto, o Cruzeiro tentou trazer um atleta de renome para o posto que, no ano passado, foi ocupado por Rodrigo, jogador que não agradou ao treinador e deve ser emprestado ao Sport. Os dois procurados, e endossados por Scolari, foram Arce, cujo passe pertence à Parmalat, e o corinthiano Rogério, meia que também atua na ala-direita.Como as negociações fracassaram - Arce pediu um salário muito alto e Rogério não foi liberado pelo Corinthians -, Scolari acabou contentando-se com a vinda do jogador do clube paranaense. Diante do apelo do treinador, no entanto, os dirigentes cruzeirenses devem procurar um lateral experiente e anunciar uma nova contratação, ainda esta semana. A expectativa é que o escolhido não seja famoso, já que o clube não pretende gastar muito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.