Scolari critica presidente colombiano

O técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, foi duro contra o presidente da Colômbia, Andrés Pastrana, ao comentar os últimos acontecimentos a respeito da Copa América, que pode sair da Colômbia por causa da insegurança no país. ?Se assumir compromisso, que o faça até a morte. Não adianta depois vir a público para pedir desculpas?, afirmou Scolari. Ainda não se sabe onde será disputada a competição sul-americana, marcada para o período entre 11 a 27 de julho. O técnico do Brasil está concedendo uma entrevista coletiva aos jornalistas brasileiros e uruguaios neste momento no hotel Sheraton.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.