Scolari diz que Ronaldinho deveria deixar o Barcelona

Técnico acredita que deixar o time espanhol seja a melhor opção para o brasileiro

Efe,

08 de dezembro de 2007 | 10h52

O técnico da seleção de futebol de Portugal e pentacampeão com o Brasil em 2002, o técnico Luiz Felipe Scolari, deu a entender que Ronaldinho Gaúcho, meio-atacante do Barcelona, deveria deixar o clube, já que não tem sido escalado como titular.   "Acho que o melhor talvez seja que Ronaldinho Gaúcho saia do Barcelona. Assim, as coisas ficariam normalizadas, tanto para Ronaldinho Gaúcho como para o Barcelona", disse o técnico, que treinou o jogador na Copa do Mundo da Coréia e do Japão.   Scolari também declarou que a situação vivida por Ronaldinho Gaúcho foi "normal até um certo momento", já que um jogador não pode ser o melhor do mundo por quatro ou cinco anos, e, alguma hora, seu rendimento teria que diminuir.   O técnico de Portugal afirmou ainda que é preciso trabalhar com o meia-atacante e que a torcida precisa "ampará-lo".   Estas declarações foram dadas durante um encontro com jornalistas estrangeiros em Portugal, no qual Scolari disse que, apesar de estar jogando menos, Ronaldinho Gaúcho continua sendo um dos cinco melhores jogadores do mundo e teria lugar em qualquer equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
BarcelonaRonaldinho GaúchoFelipão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.