Scolari e Capello monopolizam atenções na Europa

Felipão completa 5 anos à frente da seleção portuguesa, e o italiano estréia no English Team

05 de fevereiro de 2008 | 18h36

Quase todas as potências do futebol mundial estarão em campo nesta quarta-feira, aproveitando a data Fifa para disputar amistosos. Mas dois treinadores vão monopolizar as atenções na Europa: o brasileiro Luiz Felipe Scolari completa cinco anos à frente da seleção portuguesa, que enfrenta a Itália, em Zurique, Suíça, às 17h45 (de Brasília). E o italiano Fabio Capello, que estréia como técnico da Inglaterra em amistoso diante da Suíça, no Estádio de Wembley, às 18 horas. Felipão estreou no comando de Portugal em fevereiro de 2003, justamente num amistoso contra a Itália. Perdeu por 1 a 0, mas ali começou um trabalho que resultou no vice-campeonato da Eurocopa de 2004, em Portugal, e no quarto lugar na Copa do Mundo de 2006, melhor campanha dos portugueses desde o Mundial de 1966, quando ficaram em terceiro. "Estamos muito mais fortes hoje do que naquele confronto de cinco anos atrás", faz questão de dizer Felipão. "São outros jogadores, mais experientes. O time é melhor em todos os aspectos." O maior exemplo é Cristiano Ronaldo, que completou 23 anos nesta terça-feira. O astro do Manchester United nunca fora convocado antes da chegada de Scolari. Hoje é o capitão. Em 23 confrontos contra a Itália, Portugal venceu apenas quatro e perdeu 17, com dois empates. E o último triunfo foi há 31 anos, no Estádio José Alvalade, por 2 a 1. Para manter a hegemonia, os italianos apostam em Marco Borriello, de 25 anos, atacante do Genoa e um dos goleadores do Campeonato Italiano. Com 12 gols em 18 jogos, ele só é superado por três estrangeiros: o francês Trezeguet (Juventus), o sueco Zlatan Ibrahimovic (Inter) e o romeno Adrian Mutu (Fiorentina). O goleiro Buffon e o volante Gattuso, lesionados, não jogam contra Portugal. O jogo será no Letzigrund, um dos oito palcos que receberá a Eurocopa, a partir de junho - Áustria e Suíça dividem a organização da competição. A Itália fará dois de seus jogos no "grupo da morte" da competição, contra Romênia e França. O palco da final da competição, o Estádio Ernst Happel, em Viena, recebe o confronto entre Áustria e Alemanha, que marca a volta do capitão Michael Ballack após quase um ano afastado da seleção alemã, por causa de várias lesões.  Linha dura A Suíça, outra anfitriã da Eurocopa, será a coadjuvante da estréia de Fabio Capello à frente do English Team. Com vitoriosa trajetória em clubes europeus, ele treina uma seleção pela primeira vez e tem a missão de fazer o país esquecer a catastrófica eliminação da Eurocopa - a equipe, dirigida por Steve McClaren, perdeu a vaga com uma desastrosa derrota em Wembley para a já classificada Croácia, e acabou dando a vaga de bandeja para a Rússia. Capello fez uma primeira convocação sem grandes surpresas, deixou Beckham fora da primeira lista por estar sem atuar pelo LA Galaxy, dos Estados Unidos, e deu a braçadeira de capitão para Steven Gerrard. Fora isso, chamou a atenção por seu estilo linha-dura. Nesta terça, os tablóides ingleses destacaram a disciplina imposta pelo italiano: treinos duas vezes por dia, nada de mulheres e empresários na concentração, telefones celulares proibidos. "Foi como estar no primeiro dia de uma nova escola", admitiu o zagueiro Rio Ferdinand. O jornal "The Sun" sentenciou: "O diretor de colégio Fabio Capello usou o chicote e os alunos atenderam imediatamente o chamado." Beckham, que já atuou sob o comando de Capello no Real Madrid, minimizou: "Respeito a decisão dele. Não seria justo com o pessoal que atuou até 15 vezes nesse tempo que estou parado. Já sabia que isso ia acontecer", disse. Vingança espanhola Outro amistoso importante desta quarta marca o reencontro de Espanha e França depois da Copa de 2006, quando Zidane e  os seus eliminaram os espanhóis nas oitavas-de-final. Além da revanche, as duas seleções apresentam novidades nos uniformes: a França vai usar vermelho e a Espanha, dourado. O jogo será em Málaga, às 18 horas (de Brasília).  Outros amistosos desta quarta-feira:Georgia x Letônia Moldávia x Casaquistão Chipre x UcrâniaMacedônia x Sérvia Armênia x IslândiaHungria x Eslováquia Turquia x SuéciaIsrael x Romênia Malta x Bielo-Rússia Eslovênia x Dinamarca Uruguai x Colômbia Grécia x FinlândiaCroácia x Holanda Polônia x República Checa Irlanda do Norte x BulgáriaPaís de Gales x Noruega

Tudo o que sabemos sobre:
amistosos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.