Scolari ignora promessa na convocação

Vampeta está de volta à seleção e Marcelinho Paraíba, ex-São Paulo e Grêmio, passa a ser o trunfo do Brasil para o amistoso com o Panamá, dia 9 de agosto, e o jogo-chave das eliminatórias do Mundial de 2002, contra o Paraguai, dia 15, em Porto Alegre. A lista de 13 atletas que atuam fora do País para essas duas partidas, divulgada nesta quinta-feira, via fax, pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pode ter marcado o fim do ciclo do meia Mauro Silva na seleção.Ele não foi perdoado pelo técnico Luiz Felipe Scolari por ter abandonado a equipe minutos antes da viagem para a disputa da Copa América, na Colômbia. O treinador recorreu novamente a Cafu, Roberto Carlos e Rivaldo para tentar, desta vez, superar o Paraguai. O restante da equipe (nove jogadores) vai ser divulgado na terça-feira, no Rio de Janeiro. A relação parcial já denota, porém, uma incoerência de Scolari.Ele disse, logo após a eliminação na Copa América, que manteria de 80% a 90% do grupo derrotado na Colômbia. Mesmo que todos os nove que serão chamados tenham participado da fracassada campanha no torneio sul-americano, o porcentual de nomes repetidos não alcançaria os 70%.Da relação, Vampeta, Marcelinho Paraíba, Cafu, Roberto Carlos, Rivaldo, Lúcio e Élber não viajaram para a Colômbia. Dos que foram para a Copa América, Scolari deixou fora, além de Mauro Silva, os meias Emerson, Juninho Pernambucano e Fábio Rochemback e o atacante Jardel. A ausência de Emerson foi justificada pela Assessoria de Imprensa da CBF: expulso contra Honduras, tem de cumprir suspensão.Somente seis "estrangeiros" dos que estiveram na Colômbia vão permanecer na equipe: Dida, Roque Júnior, Alex, Júnior, Denílson e o meia Eduardo Costa, transferido recentemente para o clube francês Gironds Bordeaux.Entre os que atuam no Brasil são favoritos para completar a relação o goleiro Marcos, o lateral Belletti, os zagueiros Juan e Cris, os meias Juninho Paulista e Edílson e os atacantes Romário, Guilherme e Euller. Scolari, no entanto, pode optar por convocar algum volante, cuja característica principal seja a de marcação. Assim, supriria a falta de Emerson e Mauro Silva. O jogo com o Panamá será no Estádio da Arena, do Atlético-PR. O do Paraguai, no Estádio Olímpico.A LISTA PARCIAL: goleiro Dida (Milan); laterais Cafu (Roma), Júnior (Parma) e Roberto Carlos (Real Madrid);zagueiros Lúcio (Bayer Leverkusen) e Roque Júnior (Milan); meias Vampeta (Paris Saint Germain), Eduardo Costa (Gironds Bordeaux), Alex (Parma) e Rivaldo (Barcelona); atacantes Elber (Bayer de Munique), Denílson (Real Bétis) e Marcelinho Paraíba (Hertha BSC Berlin).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.