Scolari justifica escolha de Denílson

A maior surpresa da convocação de Luiz Felipe Scolari para a Copa América foi o retorno do meia Denílson, do Bétis (Espanha), para a seleção brasileira. Durante o anúncio da lista, o treinador deu a entender que Denílson irá cumprir as funções que o atacante Euller, contundido, faz no esquema tático montado por ele para o time do Brasil. ?Ele dribla e tem velocidade. Tenho acompanhado suas atuações no Bétis. Lá ele joga como ponta, servindo os companheiros e ajudando também na marcação?, explicou Felipão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.