Scolari pede e Cruzeiro afasta Müller

O atacante Müller, de 36 anos, foi afastado do elenco pela diretoria do Cruzeiro, na noite de quarta-feira. Convocado para uma reunião na Toca da Raposa, Müller, dono de um dos maiores salários do clube, foi comunicado de que não estava mais nos planos do técnico Luiz Felipe Scolari, apesar de ter contrato com o Cruzeiro até junho de 2002.O vice-presidente Alvimar de Oliveira Costa informou que o Cruzeiro está implantando uma política de contenção de gastos, já que a co-gestora HTMF apresentou grande prejuízo no ano passado. Foi este o motivo do empréstimo gratuito, nos últimos dias, de três atletas - Wendell, Joelson e Alê - para equipes gaúchas. Desta forma, o time mineiro reduz seus gastos com a folha de pagamento, que atinge R$ 2 milhões.No caso de Müller, o dirigente explicou que foi proposta ao jogador uma rescisão amigável de contrato, com pagamento de parte da multa a que ele teria direito - o valor não foi revelado. Caso não concorde com a quantia, o jogador pode ir à Justiça do Trabalho cobrar seus direitos. Müller informou que seus advogados estão estudando a oferta e que nos próximos dias ele deverá se manifestar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.