Martin Bernetti/AFP
Martin Bernetti/AFP

Se Brasil cair sábado, Neymar cumpre punição nas Eliminatórias

Queda para Paraguai obrigará craque a perder dois primeiros jogos

ALMIR LEITE E GONÇALO JUNIOR, ENVIADOS ESPECIAIS A SANTIAGO, O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2015 | 21h28

A Fifa informou à Conmebol na tarde desta terça-feira que a pena de quatro jogos imposta ao atacante Neymar por causa da expulsão no jogo contra a Colômbia precisa ser cumprida nos próximos jogos oficiais da seleção brasileira. Isso significa que, caso a seleção brasileira seja eliminada nas quartas de final da Copa América, o craque terá que cumprir dois jogos de gancho nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Afinal, Neymar um jogo, contra Venezuela, e também não vai pegar o Paraguai. Se o Brasil avançar à semifinal, a seleção fará outros dois jogos na Copa América, uma vez que a competição tem decisão de terceiro lugar. Assim, Neymar sairia do Chile com a punição cumprida.

O posicionamento da Fifa elimina a dúvida se a punição seria válida apenas para torneios da Conmebol e esclarece que ela vale também para as partidas da Fifa. Após receber o documento, a Conmebol enviou uma circular às federações nacionais.

O documento foi encaminhado à CBF, que confirmou o recebimento e o enviou para o departamento jurídico. A nova determinação, no entanto, não permite que a CBF recorra da punição de quatro jogos, pois o prazo do Tribunal já terminou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.