Se reeleito, Joseph Blatter quer mudar pleito para sede de Copa

De acordo com ele, eleição deveria ser feita da maneira como acontece com Jogos Olímpicos

AE-AP, Agência Estado

29 de abril de 2011 | 14h50

FRANKFURT - Atual presidente da Fifa, Joseph Blatter prometeu diversas mudanças caso seja reeleito este ano para o cargo. Entre elas, o dirigente afirmou que tentará mudar a forma com a qual são escolhidos os países-sede das Copas do Mundo.

De acordo com Blatter, a eleição deveria ser feita da maneira como acontece com os Jogos Olímpicos. Isto porque a Fifa foi criticada pelo processo que escolheu Rússia e Catar para receber as Copas de 2018 e 2022, respectivamente, quando dois membros do comitê executivo foram impedidos de votar, acusados de corrupção.

"É um projeto que tenho em minha mente. Gostaria de seguir o exemplo do Comitê Olímpico Internacional (COI) para evitar o que aconteceu. O executivo receberia dez ou 12 candidaturas, olharia para elas, escolheria a melhor e mandaria para eleição", declarou Blatter, em entrevista ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine, publicada nesta sexta-feira.

Aos 75 anos, o suíço tenta seu quarto mandato à frente da entidade máxima do futebol mundial, na eleição que acontecerá no dia 1.º de junho. Seu oponente será o presidente da Confederação Asiática de Futebol, Mohamed bin Hammam.

Entre outras promessas, Blatter afirmou que quer criar um comitê para restaurar a credibilidade do futebol. Ele disse que já tem um nome para comandá-lo, mas preferiu não revelar.

"Não posso revelar o nome ainda. Ele escolherá os outros membros. Eles devem estar familiarizados com o futebol, mas a prioridade deles será restaurar a credibilidade", concluiu o presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.