Arquivo/AE
Arquivo/AE

Se Ronaldo treinar, joga pelo Corinthians neste sábado

Atacante retorna da Espanha nesta quinta-feira, mas ainda é dúvida para encarar o Atlético-PR

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

30 de setembro de 2009 | 20h19

Ronaldo volta nesta quinta-feira da Espanha, onde passou os quatro últimos dias resolvendo assuntos particulares. Pelo menos a volta está agendada. Estar no treino da tarde, na Parque Ecológico, significará encarar o Atlético-PR, sábado, no Pacaembu. Possíveis atrasos e uma consequente ausência o tira da partida do Corinthians.

 

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"Vou esperá-lo, ver se ele chega a tempo para o treinamento. Se chegar é uma situação, se não, aí diminui bastante a possibilidade [de escalá-lo]", confirmou o técnico Mano Menezes. "Vamos conversar para ver como ele está se sentindo. Mas são três dias de treino para trás e temos de levar isso em consideração, pois é importante", enfatizou.

 

Ronaldo embarcou para a Espanha com uma programação de exercícios em academia já agendada. A ordem era manter a forma enquanto estivesse na Europa. A informação no Corinthians é a de que cumpriu, em aparelhos do hotel.

 

O camisa 9 corintiano prometeu, no início da temporada, anotar 30 gols com a camisa corintiana. Para cumprir a meta, terá de balançar a rede pelo menos uma vez em cada um dos últimos 12 jogos. Ser desfalque no sábado é ver tal sonho distanciar-se.

 

Agora, escalado, ele terá um trunfo a mais para seguir fazendo gols: a estreia de Edno. Mano Menezes confirmou ontem que o jogador fará seu primeiro jogo pelo clube contra os paranaenses. E na função de meia, vindo de trás, como fazia Douglas, mesmo sendo mais atacante.

 

"Ele pode ser completo nos dois fundamentos. Tem qualidade como armador e como definidor. Manterá a equipe do 4-3-3, mas com possibilidade de variação sem perder a força", exaltou Mano Menezes, que não terá Chicão, William e Edu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.