PAULO WHITAKER/ REUTERS
PAULO WHITAKER/ REUTERS

Secar o Inter? Nenê tem outros planos após vitória do São Paulo

Autor do passe para o gol de Diego Souza sobre o Bahia diz que time não tem de se preocupar com os outros

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

08 Setembro 2018 | 22h37

O primeiro passo para o São Paulo recuperar a liderança do Campeonato Brasileiro era derrotar o Bahia no Morumbi, missão concluída com êxito na noite deste sábado. O segundo é secar o Internacional, três pontos atrás na tabela, que enfrenta o Grêmio neste domingo, às 16h, no Beira-Rio. Nem todo são-paulino, porém, estará empenhado nessa tarefa secundária. O meia-atacante Nenê, por exemplo, tem outros planos dominicais.

"Vou estar de folga, depois eu vejo o resultado. Não temos de pensar nos outros, e sim, no que viemos fazer. Fizemos nosso papel e vamos passar o fim de semana tranquilos com a família", afirmou o autor do passe para o gol salvador de Diego Souza.  

"Fiquei feliz, não tinha dado nenhuma assistência para o Diego. A gente tem uma conexão muito grande, fico feliz de ter dado o passe e ele ter feito o gol", comentou o camisa 10, que agora divide com o companheiro a artilharia são-paulina em 2018: cada um marcou 12 vezes.

Nenê também falou a respeito da cobrança feita ao time no primeiro tempo, quando pediu para os jogadores deixarem as reclamações com a arbitragem de lado para focarem apenas no jogo.

"Temos de tentar motivar nesse momento. Em uma hora que precisa de um apoio, é bom uma cobrança às vezes. Tentei dar o meu melhor para o grupo. Precisamos pensar na gente e esquecer da arbitragem", disse o armador são-paulino.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.