AFP Photo/STR
AFP Photo/STR

Sede da Copa, Rússia perde amistoso para Costa do Marfim e continua em má fase

Seleção é derrotada na cidade de Krasnodar por 2 a 0, com gols de Kodjia e Zaha

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2017 | 15h42

A meses da Copa das Confederações e faltando pouco mais de um ano para a Copa do Mundo, a seleção russa segue em péssima fase. Sede das duas competições, o país manteve o momento conturbado em campo ao acumular mais uma derrota nesta sexta-feira, desta vez para a Costa do Marfim, por 2 a 0, em amistoso disputado na cidade de Krasnodar.

Nem mesmo o fato de atuar em casa e diante de um estádio com ótimo público impulsionou a Rússia. Nas últimas 12 partidas - nove amistosos e três pela Eurocopa do ano passado -, foram somente duas vitórias. Neste período, a seleção somou sete derrotas, incluindo para equipes como Catar e Eslováquia.

A pressão é cada vez maior sobre o técnico Stanislav Cherchesov, até porque a federação nacional teme que a seleção seja um fiasco diante de seus torcedores na Copa das Confederações e, principalmente, no Mundial do ano que vem.

Nesta sexta, a Costa do Marfim saiu na frente aos 29 minutos do primeiro tempo, quando Kodjia foi lançado, ganhou na velocidade de Kutepov e acertou lindo chute no ângulo de Akinfeev. O segundo gol saiu no segundo tempo, e foi ainda mais bonito. Aos 24, Zaha recebeu pelo lado esquerdo, passou como quis por três marcadores e fuzilou na saída do goleiro.

A Costa do Marfim também vinha em má fase e havia vencido duas das oito partidas anteriores. Até por isso, contratou o belga Marc Wilmots na última terça-feira para ser seu novo técnico. O comandante, no entanto, não estreou nesta sexta. Os marfinenses foram liderados pelo assistente Ibrahim Kamara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.