Reginaldo Castro/Estadão
Reginaldo Castro/Estadão

Sede do programa de sócio-torcedor do Palmeiras é depredada

Torcedores comuns se irritam com o fato de os ingressos para o clássico com o Santos, domingo, serem vendidos apenas para o Avanti

Daniel Batista , O Estado de S.Paulo

20 de março de 2014 | 14h42

SÃO PAULO - A sede do programa de sócio-torcedor do Palmeiras, o Avanti, na Rua Padre Antônio Tomás, 220, ao lado da Allianz Parque, foi depredada na manhã desta quinta-feira, por volta das 11h30. De acordo com seguranças do próprio clube, um grupo de cerca de 50 torcedores que não fazem parte do plano palmeirense se irritaram pelo fato de o Palmeiras ter colocado os 700 ingressos disponíveis para o clássico com o Santos, domingo, na Vila Belmiro, apenas para sócios do programa. Ninguém mais poderia comprá-los. O tumulto foi grande, com quebras de vidraças e empurra-empurra.

Ainda segundo os seguranças do Palmeiras, os torcedores tentaram agredir alguns funcionários que estavam no local. Mas não conseguiram. A venda dos ingressos está suspensa temporariamente e o clube promete se manifestar sobre o assunto ainda nesta quinta. Os funcionários registraram um Boletim de Ocorrência no 23º DP.

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, resolveu privilegiar os membros do Avanti como mais uma forma de incentivar a adesão de novos sócios. Além disso, o clube já teve problemas quando tentou vender ingressos nas bilheterias em clássicos onde era visitante, já que a procura era muito maior do que a quantidade de bilhetes disponíveis. Antes do clássico com o Corinthians, por exemplo, houve confusão na fila e um torcedor chegou a brigar com um segurança do Palmeiras.

Ainda na manhã desta quinta-feira, faixas de protestos contra a diretoria palmeirense foram colocadas na Rua Turiassu, com os dizeres: "Nobre, o Palmeiras é gigante comparado ao seu ego."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.