Stefano Porta/EFE
Stefano Porta/EFE

Seedorf assina para comandar Milan até junho de 2016

Ex-jogador do Botafogo firmou compromisso para dirigir a equipe italiana até junho de 2016

Agência Estado

16 de janeiro de 2014 | 14h17

MILÃO - Depois de desembarcar na Itália na última quarta-feira, Clarence Seedorf assinou nesta quinta o seu contrato como novo técnico do Milan. O holandês, que confirmou a sua saída do Botafogo e a aposentadoria dos gramados na última terça, firmou compromisso para dirigir a equipe italiana até junho de 2016.

Substituto de Massimiliano Allegri, demitido do comando do time de Milão na última segunda-feira após a derrota por 4 a 3 para o Sassuolo, o agora ex-meia de 37 anos se encontrou nesta quinta com os jogadores no centro de treinamento do clube, sendo que o primeiro a recebê-lo no local foi o seu ex-companheiro de equipe Daniele Bonera.

Seedorf fez história como jogador do Milan. Ao longo de 10 anos no clube, ajudou o time a conquistar vários títulos, entre eles dois da Liga dos Campeões da Europa e outros dois do Campeonato Italiano. Por causa do longo tempo defendendo as cores rubro-negras na Itália, Seedorf brincou com o fato ao ser abordado pelos jornalistas em sua chegada ao San Siro, onde na última quarta já acompanhou alguns minutos do jogo em que o Milan bateu o Spezia por 3 a 1 e avançou às quartas de final da Copa da Itália.

"Não se pode dizer que voltei, porque nunca saí. Importantíssimo para mim ver todo esse entusiasmo. Temos muito a fazer para recolocar o Milan nas alturas. Estou muito feliz", disse Seedorf, para depois enfatizar: "Neste momento sinto uma grande emoção e senso do dever. Tenho que dar 100% para reconstruir, dar entusiasmo e segurança à equipe. Podemos refazer coisas importantes para os torcedores. Deixei o Milan em maio de 2012 no fechamento de um ciclo. O meu trabalho será aquele de reabrir um outro".

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolMilanSeedorf

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.