'Segunda derrota seria preocupante', admite Mourinho

O técnico José Mourinho deixou clara sua insatisfação, mas tratou como natural o tropeço do Real Madrid diante do Levante, que derrotou o time por 1 a 0, no último domingo, pelo Campeonato Espanhol. Mas o próprio treinador alertou que uma "segunda derrota seria preocupante", já que deixaria a equipe distante do líder Valência, que ainda não perdeu. Por isso, ele exigiu a vitória nesta quarta-feira, diante do Racing Santander.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2011 | 14h47

"Uma segunda derrota seria preocupante. No final serão os pontos que contarão e se perdemos mais três já são seis em duas partidas. Obviamente é muita coisa. Se amanhã (quarta-feira) perdermos a partida jogando bem, não vale nada. Perder pontos, mesmo faltando muito para o fim, seria preocupante", afirmou o português, nesta terça.

Para a partida, no entanto, o Real Madrid não terá três jogadores que vinham sendo titulares: o zagueiro Pepe e o lateral Fabio Coentrão, lesionados, e o volante Sami Khedira, suspenso. Apesar disso, Mourinho demonstrou confiança em seus comandados e disse que a equipe tem elenco suficiente para repor as ausências sem perder em qualidade técnica.

"Há três baixas na equipe titular, vão entrar obrigatoriamente três jogadores que não têm sido titulares. Não é um problema. Sempre dissemos que temos 21 jogadores para atuar. Não podem jogar sempre os mesmos. Oportunidades chegam para todos, o importante é a gente estar sempre preparado", apontou.

Entre os desfalques, o mais preocupante é Khedira. Seu cartão vermelho diante do Levante, fez com que o Real Madrid chegasse à média de um jogador expulso a cada quatro jogos desde que Mourinho chegou ao clube - foram 15 expulsões em 65 partidas oficiais. "Vamos ver se nos próximos quatro jogos terminamos com 11 (jogadores). Seria bom. Ou vamos ver se mantemos a média", disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.