Jorge Zapata / EFE
Jorge Zapata / EFE

Neymar será suspenso por três jogos e ficará fora do clássico com o Real

Brasileiro foi expulso na partida contra o Málaga e aplaudiu o quarto árbitro ironicamente na saída de campo

O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2017 | 12h17

O Comitê da Competição da Liga Espanhola se reúne somente amanhã para julgar o caso de Neymar, mas o jornal espanhol Marca adiantou: se a regra for cumprida, o brasileiro será suspenso por três partidas, perdendo o clássico com o Real Madrid no Santiago Bernabeu, com a liderança do campeonato em jogo, e os jogos contra Real Sociedad e Osasuna no Camp Nou.

O atacante foi expulso contra o Málaga, em partida que o Barcelona foi derrotado por 2 a 0, após receber o segundo amarelo. A sua saída acabou por frear uma reação do time da Catalunha, que já perdia por 1 a 0. Caso vencesse, o Barça assumiria a ponta, devido ao empate do Real Madrid com o Atlético de Madrid.

No momento em que se retirava de campo, o brasileiro, irritado, aplaudiu ironicamente o quarto árbitro. Esse ato foi relatado pelo juiz na súmula e pode acrescentar dois jogos à suspensão automática. Segundo as regras, demonstrar "desprezo ou desrespeito" pelos membros da comissão de arbitragem pode gerar punição de até um mês.

O Barcelona pretende se defender dizendo que o atacante não desrespeitou o quarto árbitro, tendo apenas uma reação espontânea, e promete utilizar todos os recursos possíveis. Os precedentes, entretanto, demonstram que não será fácil. Em caso similar, Carlo Ancelotti, então técnico do Real Madrid, também foi punido com dois jogos de suspensão.

Caso uma redução da pena fosse conseguida, ela provavelmente seria de apenas um jogo e o brasileiro ainda não poderia jogar contra o Real. A apelação deve ser julgada na manhã de quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.