Francois Lo Presti/AFP
Francois Lo Presti/AFP

Seis feridos em queda de grade durante jogo do Francês ganham alta de hospital

Torcedores do Lille apresentam evolução após acidente em partida contra o Amiens, no sábado

Estadão Conteúdo

01 Outubro 2017 | 21h42

Todos os seis feridos que foram internados no último sábado após terem se machucado com maior gravidade após serem vítimas da queda de uma grade do estádio La Licorne, do Amiens, durante jogo do Campeonato Francês ganharam alta do hospital neste domingo. Foram cinco torcedores do Lille, além de um segurança que trabalhava no confronto entre o time e o Amiens, que receberam liberação médica para voltar para as suas casas.

Depois de autoridades locais anunciarem um total de 25 torcedores feridos no episódio do último sábado, o hospital de Amiens confirmou que, na realidade, 29 pessoas se machucaram no incidente, mas apenas seis de maneira mais grave.

E, após a liberação de todos os seus seguidores pelos médicos, o Lille postou a seguinte mensagem em sua página no Twitter neste domingo: "Boas notícias! Todos os torcedores do Lille que se lesionaram durante o jogo deixaram o hospital de Amiens. Estamos pensando fortemente neles".

+ Neymar faz 2 de bola parada, encerra polêmica com Cavani e PSG atropela Bordeaux

O incidente do último sábado aconteceu aos 16 minutos do primeiro tempo do confronto entre Amiens e Lille e ocorreu pouco depois de Fodé Ballo-Touré abrir o placar para o time visitante. O jogador se dirigiu à torcida do Lille que estava atrás de um dos gols e os seguidores da equipe avançaram em direção à grade com uma espécie de "avalanche" para festejar o gol, mas o equipamente de proteção que separava as arquibancadas do gramado não aguentou o peso exercido pela torcida e cedeu. O incidente provocou a suspensão da continuidade da partida.

A liga francesa de futebol, por sua vez, divulgou um comunicado anunciando que o seu presidente, Nathalie Boy de la Tour, e o diretor-executivo da entidade, Didier Quillot, visitaram o hospital onde estavam internados os feridos, assim como prometeram que um comitê disciplinar do organismo vai abrir um inquérito na quinta-feira para apurar as responsabilidades pelo ocorrido.

Se o Amiens for considerado responsável pelo incidente, tendo em vista o fato de ser o proprietário do estádio que está em processo de reforma, poderá receber diferentes tipos de punições: desde uma multa até disputar partidas com alguma parte ou todas as partes do seu estádio fechadas para a presença de torcedores. O clube também corre o risco de ser penalizado com a perda de pontos no Campeonato Francês.

A promotoria de Amiens, por sua vez, já abriu um processo de investigação para determinar as causas do acidente. Após ver o seu jogo ser suspenso pelo inesperado fato, o Lille hoje ocupa a 18ª posição do Campeonato Francês, encabeçando a zona de rebaixamento, com cinco pontos, enquanto o Amiens vem pouco acima, em 16º, com seis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.