Seis jogadores do Brasil trocam treino físico por musculação

A seleção brasileira se dividiu para o primeiro treino desta quinta-feira, pela manhã, em Weggis, na Suíça. Enquanto a maioria do grupo realizava um treino físico comandado pelo preparador, Moraci Sant´Anna, Ronaldo, Ronaldinho, Émerson, Edmílson, Cafu e Juninho Pernambucano fizeram exercícios de reforço muscular numa sala anexa do Estádio Thermoplan. Moraci e o técnico Carlos Alberto Parreira já haviam avisado que, em determinados momentos, alguns jogadores seriam poupados ou fariam exercícios diferenciados durante a preparação para a Copa do Mundo. Dos seis jogadores, Ronaldinho e Edmílson, do Barcelona, conquistaram a Liga dos Campeões pelo Barcelona e jogaram literalmente até o fim da temporada. Émerson atuou pela Juventus até 14 de maio, quando a equipe conquistou o bicampeonato italiano, e Juninho Pernambucano foi a grande estrela do Lyon na campanha do pentacampeonato francês. Já Cafu e Ronaldo são as duas principais preocupações médicas. O lateral, que completa 36 anos no início de junho, passou boa parte da temporada na reserva do Milan, por problemas familiares e por causa de uma artroscopia no joelho esquerdo. O atacante, por sua vez, perdeu vários jogos do Real Madrid por causa de seguidas contusões musculares - a última delas, em abril, o deixou há mais de um mês sem jogar. Depois de meia hora de atividade física, os seis se juntaram ao restante do grupo e foram recebidos com festa pela torcida para um treino técnico, realizado apenas em metade do campo. A movimentação foi realizada em clima descontraído, com muitas brincadeiras entre os jogadores, que fizeram festa para a torcida e deram autógrafos. O goleiro Rogério Ceni aproveitou para consagrar um anônimo, o garoto suíço Kevin, de 13 anos, Que estava trabalhando como gandula e foi chamado pelo são-paulino para defender alguns chutes. Na saída do campo, o garoto foi cercado pelos jornalistas e, assustado, concedeu uma entrevista coletiva na sala de imprensa, no lugar normalmente reservado ao técnico Carlos Alberto Parreira. A seleção volta a treinar nesta quinta-feira às 11h45 (horário de Brasília). Os jogadores concedem entrevista antes do treino, enquanto o técnico Carlos Alberto Parreira falará, após a prática, pela primeira vez depois de iniciados os treinamentos em Weggis.

Agencia Estado,

25 Maio 2006 | 08h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.