Seis semanas após operar, Léo Gago inicia fisioterapia

Operado no início de maio, Léo Gago voltou apenas nesta terça-feira à Academia de Futebol. O volante do Palmeiras ficou seis semanas em casa, se recuperando de uma cirurgia no tornozelo direito, sem poder colocar o pé no chão, e agora começa o trabalho de fisioterapia.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 15h13

De acordo com a previsão inicial, a volta dele deve acontecer em mais seis semanas, completando os três meses estipulados para seu retorno após a operação. "É complicada esta fase de recuperação. Estou torcendo bastante de fora e espero voltar com o time bem, em uma crescente, e em uma posição confortável no G-4. Retornar de cirurgia é difícil, pois falta ritmo e força", comentou o volante.

Ele quer ficar logo à disposição de Gilson Kleina não apenas para jogar a Série B, mas também para brigar pelo bicampeonato da Copa do Brasil. "É um torneio muito importante e que dá vaga para a Libertadores. Temos elenco para disputar os dois campeonatos em alto nível e estamos focados para defender este título e, se Deus quiser, classificar o Palmeiras para a Libertadores do ano que vem", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.