Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Seleção brasileira aguarda Richarlison em Belo Horizonte na segunda-feira

Atacante melhora do quadro de caxumba e pode se juntar à equipe para partida contra a Argentina

Ciro Campos, enviado especial a Belo Horizonte, O Estado de S. Paulo

29 de junho de 2019 | 14h15

A seleção brasileira teve uma manhã de avaliações médicas e clínicas de jogadores do elenco. Após o desembarque do time em Belo Horizonte, na noite desta sexta-feira, os médicos realizaram exames de imagem em dois jogadores lesionados e acompanharam a recuperação de Richarlison, diagnosticado com caxumba. A expectativa da comissão técnica é ter o atacante de volta ao grupo na segunda-feira para a disputa da Copa América.

O jogador do Everton, da Inglaterra, teve a doença detectada na quinta-feira, ainda em Porto Alegre. O atacante ficou fora da partida contra o Paraguai, na Arena do Grêmio, e colocado em isolamento no quarto de um hotel para evitar contagiar outros colegas. Inclusive, ainda na capital gaúcha, 64 pessoas da delegação da CBF receberam doses de vacina tríplice viral para serem imunizadas contra caxumba.

Richarlison ficou em Porto Alegre e não veio com o grupo. A medida foi para evitar o risco de contágio e propiciar ao atacante mais tempo para repousar. Como o quadro dele apresenta melhora, a previsão é de Richarlison retornar ao elenco na segunda-feira e já ficar à disposição do técnico Tite para o jogo contra a Argentina, na terça-feira, no Mineirão, pela semifinal da Copa América.

Quem também preocupa a comissão técnica é o lateral-esquerdo Filipe Luís. O jogador sentiu uma lesão na coxa direita, teve de deixar o jogo contra o Paraguai ainda no intervalo e não vai participar do treino deste sábado, em Belo Horizonte. O lateral e o meia Fernandinho, que tem dores no joelho direito, passaram por exames de imagem supervisionados pelo médico Rodrigo Lasmar e vão continuar em tratamento.

Apesar desses problemas, pelo menos para o jogo com a Argentina há um retorno confirmado. O volante Casemiro cumpriu suspensão contra o Paraguai por ter recebido o segundo cartão amarelo e estará de volta ao time. Se Filipe Luís não tiver condições de entrar em campo, o substituto dele deve ser Alex Sandro, da Juventus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.