Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Seleção brasileira chega a Moscou recebida por multidão e pelo Canarinho

Comandados de Tite chegam ao palco de jogo contra a Sérvia, pela última rodada da fase de grupos

Almir Leite, Ciro Campos e Marcio Dolzan, enviados especiais / Moscou, O Estado de S.Paulo

25 Junho 2018 | 18h42

A seleção brasileira desembarcou com festa em Moscou nesta segunda-feira para o jogo com a Sérvia, pela Copa do Mundo, na quarta-feira. O elenco do técnico Tite encontrou no hotel onde ficará concentrado uma multidão, que fez festa com música, vibração, foguetório e cantoria após o time encarar um voo de duas horas desde Sochi e mais 45 minutos de trajeto da saída do aeroporto.

+ Tite avalia alternativas em treino e testa time sem Gabriel Jesus e com Fernandinho

+ Veja do que precisam as seleções para se classificar às oitavas da Copa do Mundo

A música que narra a história dos títulos mundiais do Brasil entoou a chegada do ônibus da seleção, por volta das 23h30 no horário local (17h30 em Brasília). A polícia e seguranças privados organizaram um cordão de isolamento para formar um corredor para a passagem do elenco do ônibus ao saguão. No caminho, os jogadores sentiram o carinho da torcida e acenaram.

Os atletas foram saudados na porta do hotel pelo mascote da seleção, o Canarinho. Enrolado na bandeira do Brasil, ele recebeu os jogadores após ter sido proibido pela polícia de ficar no corredor de isolamento. Logo depois o Canarinho conseguiu autorização para ficar na porta e cumprimentar todos da delegação.

 

Os jogadores demonstraram gostar da festa calorosa e registraram imagens nas redes sociais. Foi a segunda recepção do gênero nesta Copa do Mundo. A primeira foi na semana passada, em São Petersburgo. O ritual de recebimento assim como os músicas foram elaborados por torcidas organizadas da seleção, como a Movimento Verde e Amarelo e a Canarinho.

Em Moscou, a seleção brasileira faz um treino na tarde desta terça-feira na arena Spartak, local da partida com Sérvia, na quarta. Um empate basta para levar o Brasil para as oitavas de final da Copa do Mundo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.