Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Seleção brasileira derrota o Chile em amistoso preparatório para o Mundial Sub-17

Equipe desperdiçou muitas oportunidades criadas e acabou vencendo por placar magro de 2 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2019 | 19h57

Após apenas três sessões de treinamentos, a seleção brasileira sub-17 derrotou o Chile por 2 a 1, nesta quinta-feira, no estádio da Serrinha, em Goiânia, como preparação para o Mundial da categoria, que será disputado no Brasil entre os dias 26 de outubro e 17 de novembro.

O time brasileiro entrou em campo com: Marcelo (Fluminense); Yan (Coritiba), Luan Patrick (Athletico-PR), Renan (Palmeiras) e Patryck (São Paulo); Pierre (Figueirense), Reinier (Flamengo) e Talles Costa (São Paulo); João Peglow (Internacional), Felipe (Atlético-MG) e Gabriel Veron (Palmeiras).

Apesar de criar várias oportunidades no primeiro tempo, o time comandado pelo técnico Guilherme Dalla Dea só foi marcar na segunda etapa, graças a duas falhas grotescas da defesa chilena na saída de bola.

Aos 4 minutos, o zagueiro Patricio Flores perdeu a bola para Reinier, capitão da seleção. O meia, do Flamengo, que já despertou interesse do Everton, da Inglaterra, entrou na área e tocou na saída do goleiro Julio Fierro.

O segundo gol foi semelhante. Aos 9 minutos, desta vez a falha foi de Vicente Pizarro. João Peglow tomou a bola do chileno, invadiu a área e não perdoou.

Os chilenos perderam, mas saíram de campo com o gol mais bonito. O meia Pérez, capitão do time, bateu com enorme categoria, aos 11 minutos, ao emendar de primeira um cruzamento que veio da esquerda. O chute, de chapa, foi no ângulo esquerdo de Marcelo.

A seleção volta aos treinos nesta sexta-feira, às 10h30, no CT do Goiás. O segundo duelo contra o Chile está previsto para este sábado, às 14 horas, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, também em Goiânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.