Martin Meija/AP
Martin Meija/AP

Seleção brasileira é surpeendida e perde para a Argentina no Sub-20

Nervoso, time teve um expulso com 9 minutos de jogo e perdeu por 2 a 1 para os arquirrivais

RICARDO CRIEZ, Agência Estado

07 de fevereiro de 2011 | 01h34

SÃO PAULO - O Brasil perdeu a invencibilidade no Sul-Americano Sub-20 do Peru. Em partida encerrada na madrugada desta segunda-feira, 7, em Arequipa, a equipe do técnico Ney Franco caiu diante da Argentina por 2 a 1, pela 3.ª rodada do hexagonal final.

Com isso, a seleção perdeu também a liderança do campeonato, que vale duas vagas para as Olimpíadas de Londres/2012. Com 7 pontos, o novo líder é o Uruguai, que bateu o Chile por 1 a 0. O Brasil está em 2º lugar, com 6 pontos - a mesma pontuação dos argentinos, mas com melhor saldo de gols (5 a 1).

Desta vez, a estrela do artilheiro Neymar não brilhou. Num campo encharcado, o time brasileiro entrou em campo nervoso e, logo no início de jogo ficou com um jogador a menos. Juan cometeu pênalti, convertido por Funes Mori, e foi expulso, deixando a seleção com um homem a menos.

Mesmo com 10 jogadores em campo, a seleção brasileira teve inúmeras chances para igualar o marcador na primeira etapa, mas pecou no momento de finalizar a jogada.

No segundo tempo, com garra, a seleção igualou aos 10 minutos, com Willian José, em um belo chute de fora da área sem chances para o goleiro argentino Andrada.

No entanto, a igualdade no marcador durou pouco mais de 10 minutos. Juan Manuel Iturbe, considerado uma promessa na Argentina, marcou um belo gol ao deixar para trás a zaga e tocar na saída do goleiro brasileiro.

O Brasil terá chance de se recuperar na próxima quarta-feira, em partida válida pela quarta rodada. A seleção, que não terá Neymar suspenso, e a dupla de zaga principal, enfrentará o Equador, que neste domingo empatou com a Colômbia em 0 a 0.

BRASIL - 1 - Gabriel, Danilo, Bruno Uvini (Saimon), Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro, Lucas, Oscar (Romário) e Neymar; Willian José (Diego Maurício). Técnico: Ney Franco.

ARGENTINA - 2 - Andrada, Pezzella, Tagliafico, Martinez, Nervo; Zuculini (Cirigliano), Gonzalez, Battaglia, Rodriguez; Funes Mori (Ferreyra) e Iturbe (Diaz). Treinador: Walter Perazzo.

Gols - Funes Mori, aos 8 minutos do primeiro tempo; Willian José, aos 10, e Iturbe, aos 22 minutos do segundo tempo; Cartões amarelos - Alex Sandro, Danilo, Neymar, Romário (Brasil); Zuculini, Tagliafico (Argentina);  Cartão vermelho - Juan (Brasil); Árbitro - Wilmar Roldán (BOL); Público e renda - Não disponíveis; Local - Estádio Universidad Nacional San Agustín, em Arequipa (Peru).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.