Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Seleção brasileira evita euforia e se refugia na Granja Comary antes de final

Elenco vai se preparar para decisão em local mais tranquilo e distante do clima de festa

Ciro Campos, enviado especial a Belo Horizonte, O Estado de S. Paulo

03 de julho de 2019 | 04h30

A comemoração pela vitória sobre a Argentina, nesta terça-feira, em Belo Horizonte, renderá para a seleção brasileira um dia de descanso e depois, foco total na final da Copa América, domingo, no Maracanã. O elenco do técnico Tite mudou a programação e escolheu o isolamento na reta final de preparação. O grupo vai se preparar para a decisão na Granja Comary, em Teresópolis, e não na cidade do jogo.

Originalmente, as seleções da Copa América se preparam para a partida seguinte em locais de treinos pré-estabelecidos pela organização. No caso do Rio, locais como o CT da Barra, do Fluminense, e a Escola de Educação Física do Exército, na Urca, estão na lista de centros disponíveis para as equipes. O Brasil, no entanto, resolveu abrir mão dessas opções e montar o próprio esquema para a final.

A comissão técnica decidiu se preparar para a decisão em Teresópolis e usar a própria estrutura criada pela CBF para uso da seleção brasileira. Os jogadores passaram cerca de 15 dias no local até o começo de junho, quando viajaram no dia 4 para o amistoso contra o Catar, em Brasília. Naquela época, o atacante Neymar ainda fazia parte do grupo. Dias depois o jogador sofreu uma lesão no tornozelo direito e foi cortado da competição.

Os jogadores ganharam folga depois de bater a Argentina e só se reapresentam à seleção brasileira na noite de quarta-feira. Após o jantar, o grupo viaja para o Rio e na sequência, completa o trecho de ônibus até Teresópolis. Por lá, o técnico Tite deve comandar vários treinos fechados, a exemplo do feito nos últimos dias. A equipe só deve retornar à capital fluminense no sábado.

"Temos de valorizar a chegada à final. Fizemos um grande jogo contra a Argentina. Tivemos em campo duas equipes com recursos técnicos impressionantes", comentou o técnico Tite. "Tivemos uma grande vitória, mostramos nossa força. Agora é focar na final. É preciso se preparar bem e ter uma boa preparação", disse o atacante Roberto Firmino, autor do segundo gol.

A oportunidade de se hospedar e treinar no mesmo local, como é o caso da Granja Comary, ajuda o Brasil a minimizar também problemas com logística. Nesta Copa América algumas equipes, inclusive a própria seleção brasileira, criticaram o tempo de deslocamento entre os hotéis pré-determinados pela organização e os respectivos centros de treinamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.