Seleção Brasileira já está em Buenos Aires

A Seleção Brasileira chegou por volta das 23 horas de ontem a Buenos Aires, onde enfrenta a Argentina quarta-feira, no Estádio Monumental de Nuñez, pela 15ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Alemanha, depois de ter vencido o Paraguai por 4 a 1, em Porto Alegre. De acordo com a programação na capital argentina, a Seleção fará um treino leve na tarde desta segunda-feira, no centro de treinamento do Boca Juniors. Na terça-feira, também à tarde, haverá um treino de reconhecimento no Estádio Monumental de Nuñez. O jogo contra os argentinos, que no sábado perderam para o Equador por 2 a 0, em Quito, vale a liderança das Eliminatórias. A Argentina lidera a competição com 28 pontos, seguida de perto pelo Brasil, que com a vitória sobre o Paraguai chegou a 27. "Abrimos uma boa vantagem sobre o Paraguai na tabela e agora enfrentaremos os argentinos sem muita pressão. A obrigação é deles, que têm de vir para cima do Brasil", disse à imprensa o lateral-esquerdo Roberto Carlos após o jogo contra os paraguaios. Expulso no jogo contra o Paraguai, o zagueiro Lúcio deverá ser substituído por Juan. Em contrapartida, o Brasil, que não vence a Argentina em Buenos Aires há dez anos, terá a volta do lateral-direito Cafu, que cumpriu suspensão automática contra os paraguaios. O Equador está em terceiro lugar nas eliminatórias sul-americanas com 23 pontos, seguido de Paraguai (19), Colômbia, Chile, Uruguai (ambos com 17), Venezuela (15), Peru (14) e Bolívia (13).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.