Seleção brasileira sub-18 é campeã na Espanha

Sob o comando de Ney Franco, a seleção brasileira sub-18 conquistou neste domingo, na Espanha, o título invicto da 11ª Copa Internacional do Mediterrâneo, ao vencer na final o México por 2 a 0. Sebá, do Nacional de São Paulo, e Fábio Gama, do Bahia, fizeram os gols da vitória.

AE, Agência Estado

24 de abril de 2011 | 14h48

Este foi o segundo título consecutivo de Ney Franco à frente da seleção - antes ele faturou o Sul-Americano Sub-20 - e o terceiro da base no ano, se considerado ainda o Sul-Americano Sub-17, vencido pelo time comandado por Emerson Ávila.

"Estou muito satisfeito por ver que o trabalho que estou realizando na coordenação das categorias de base está rendendo títulos para o Brasil. Isso prova a grande capacidade que o Brasil tem de revelar jogadores a cada competição. O grupo que esteve comigo em Barcelona tem muita qualidade e aumenta minhas opções para futuras convocações, inclusive para a do Mundial Sub-20. Tenho certeza de que estaremos com um grupo muito forte nesse próximo desafio", declarou Ney Franco, que embarca na terça para conhecer os estádios colombianos que receberão o Mundial.

Os nomes mais badalados desta seleção sub-18, porém, ficaram apenas na reserva. É o caso por exemplo de Felipe Anderson e Tiago Alves, mais novas joias da base santista, e de Wellington Silva, agora no Levante, revelado pelo Fluminense.

Do Flamengo, Muralha foi titular, mas Lorran ficou com opção de banco. Reserva da zaga no Sul-Americano Sub-20, Romário, do Inter, foi o dono da lateral-esquerda nesta seleção sub-18, que foi campeã neste domingo com: César, Gil (Roger), Bressan, Rodrigo Frauches e Romário; Muralha, Felipe e Dudu; Tiago (Lorran), Kelvin (Fábio Gama) e Sebá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.