Seleção brasileira sub-21 aproveita erros dos EUA para vencer

Time olímpico do Brasil deslancha no fim e ganha por 3 a 0, em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, que recebe baixo público

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2014 | 21h06

A seleção brasileira sub-21 aproveitou que os Estados Unidos desperdiçaram chances inacreditáveis na cara do gol para vencer mais um amistoso. Nesta segunda-feira, o time olímpico do Brasil deslanchou no fim e ganhou por 3 a 0, em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, que recebeu pouco público.

O time do técnico Gallo abriu o placar logo a 2 minutos, quando o goleiro americano se enrolou todo com uma bola recuada. Luan, do Grêmio, aproveitou o erro, driblou o goleiro e mandou para o gol vazio.

Os norte-americanos teriam a chance de virar, mas falhariam de forma bizarra na cara do gol. Primeiro foi Morris, aos 38 minutos do primeiro tempo, que pisou na bola quando tentou completar cruzamento rasteiro na primeira área. Depois, na etapa final, Rodríguez arriscou uma letra na frente do gol e deu vexame.

Na base do "quem não faz, toma", o Brasil ampliou aos 29, com Douglas Coutinho, do Atlético-PR, aproveitando de cabeça o cruzamento de Vinicius Araújo. O atacante do Valencia depois faria o terceiro ao receber nas costas da zaga, cara a cara com o goleiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção olímpicaBrasilEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.