Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Seleção brasileira sub-23 goleia Boavista em 1º jogo-treino antes do Pré-Olímpico

Time de André Jardine sofre para marcar no primeiro tempo, mas sobe de rendimento na segunda etapa

Redação, Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2020 | 14h26

A seleção brasileira sub-23 conseguiu uma goleada no primeiro dos dois jogos-treino que fará antes do Pré-Olímpico, que será disputado na Colômbia. Na Granja Comary, em Teresópolis, o time comandado por André Jardine goleou por 4 a 0 o Boavista, clube que vai disputar o Campeonato Carioca.

O ex-treinador do São Paulo utilizou a sua formação titular apenas no primeiro tempo. E foi quando a seleção teve mais dificuldades para superar a defesa da equipe fluminense - o jogo chegou ao intervalo com vitória do time nacional por apenas 1 a 0. Na segunda etapa, Jardine colocou em campo os reservas e eles se saíram bem melhor, contando, é verdade, com o cansaço do Boavista, que atuou o tempo todo com os mesmos jogadores.

Na metade inicial do jogo-treino, a seleção olímpica teve problemas para criar oportunidades de gol e só conseguiu balançar a rede em uma jogada de bola parada. O meia Matheus Henrique, do Grêmio, cobrou com categoria uma falta sofrida pelo zagueiro Robson Bambu, do Athletico-PR, para colocar o Brasil em vantagem.

Depois do intervalo, os reservas da seleção jogaram com muita vontade e deram um tremendo sufoco no Boavista. Bruno Tabata, jogador do Portimonense-POR, Reinier, do Flamengo, e Igor Gomes, do São Paulo, marcaram os demais gols da equipe de Jardine, que fará o último jogo-treino antes do Pré-Olímpico nesta terça-feira, diante da Portuguesa-RJ, de novo na Granja Comary.

O time titular escalado por Jardine no primeiro tempo foi o seguinte: Ivan; Guga, Walce, Robson Bambu e Caio Henrique; Bruno Guimarães, Matheus Henrique e Pedrinho; Antony, Matheus Cunha e Paulinho. Na segunda etapa, a formação foi esta: Cleiton; Dodô, Bruno Fuchs, Nino e Iago; Maycon, Igor Gomes e Reinier; Bruno Tabata, Pepê e Yuri Alberto

Apesar do bom resultado, o confronto com o Boavista causou um grande prejuízo à seleção: o zagueiro são-paulino Walce sofreu uma lesão no joelho esquerdo e corre o risco de ficar fora do Pré-Olímpico, que para o Brasil terá início no próximo domingo, contra o Peru, na cidade colombiana de Armênia. Nesta segunda-feira, o jogador será submetido a exames para saber o tamanho do problema.

A seleção brasileira está no Grupo B do Pré-Olímpico. Além do Peru, a equipe enfrentará na primeira fase Uruguai, Bolívia e Paraguai.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.