Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Seleção brasileira terá folga após jogos com México e Camarões

Comissão técnica divulgou calendário de trabalho dos jogadores durante a primeira fase

Leandro Silveira, Agência Estado

27 de maio de 2014 | 21h09

TERESÓPOLIS - A comissão técnica da seleção brasileira definiu e divulgou nesta terça-feira a programação da equipe para a primeira fase da Copa do Mundo. O técnico Luiz Felipe Scolari decidiu que os jogadores vão folgar após as partidas com México e Camarões, mas não depois do jogo de abertura do torneio - o duelo com a Croácia, no dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Já em Teresópolis, onde iniciou a preparação para a Copa do Mundo na última segunda-feira, a seleção brasileira fará em 10 de junho, às 9h30 e 15h30, os últimos treinamentos na Granja Comary antes do início da competição. Em seguida, às 20h30, o grupo da seleção brasileira viajará para São Paulo.

Na capital paulista, às 16h15 do dia 11, os jogadores vão treinar no Itaquerão, local da abertura da Copa do Mundo. O jogo com a Croácia está marcado para as 17 horas de 12 de junho. E o retorno para a Granja Comary se dará logo depois, às 21h30.

O procedimento de viajar na antevéspera das partidas se repetirá nos confrontos com México, no dia 17, em Fortaleza, e Camarões, no dia 23, em Brasília. No entanto, os dias 18 e 24 de junho serão de folga para o grupo da seleção brasileira. O segundo dia livre, porém, está condicionado, claro, à classificação da seleção brasileira para as oitavas de final da Copa do Mundo.

Após dois dias de exames médicos, a seleção brasileira intensificará nesta quarta-feira a sua preparação com a realização do primeiro treinamento em campo, a partir das 9h30. Os trabalhos nesta quarta, aliás, acontecerão em dois períodos. A equipe também tem dois amistosos agendados para os próximos dias: encara o Panamá, terça-feira que vem, no Serra Dourada, e a Sérvia, no dia 6, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.