Seleção busca o tetra no Mundial Sub-20

Depois de 18 anos, Brasil e Espanha voltam a se encontrar em uma decisão de Campeonato Mundial Sub-20, nos Emirados Árabes Unidos, nesta sexta-feira, às 14h45 (com transmissão da SporTV), em Abu Dhabi. A lembrança da última final entre as duas seleções, em 1985, na ex-União Soviética, é boa para o Brasil, que venceu o jogo por 1 a 0, gol do zagueiro Henrique, do Corinthians. O Brasil tenta seu quarto título, enquanto a Espanha, o segundo. "O grupo se fechou ainda mais após as dificuldades que passamos na competição. Não tenho dúvidas de que amanhã (sexta-feira) jogarão como se fosse o último jogo de suas vidas", disse Branco, coordenador das categorias de base da CBF.Pouco mudou da decisão de 1985 para hoje. As duas seleções, ao lado da Argentina, eram apontadas como favoritas ao título deste Mundial. No entanto, enquanto a Seleção Brasileira alternou bons e maus momentos na primeira fase - foi derrotada pela Austrália, por 3 a 2, ainda na fase classificatória -, os espanhóis perderam (2 a 1) apenas para os argentinos, na abertura do torneio.Por outro lado, o Brasil é o melhor ataque da competição, com 13 gols, e a Espanha tem a melhor defesa, com três gols sofridos. "Não há favorito. Espero que o Brasil continue com o mesmo jogo ofensivo; e se aproveitarmos uma ou duas oportunidades, ganharemos o jogo", acredita o técnico Marcos Paquetá. "Não há dúvida de que enfrentaremos um grande adversário. Teremos que ter atenção em cada brasileiro. O Brasil é uma equipe muito equilibrada", analisa o técnico espanhol Armando Ufarte.Os brasileiros estão embalados após a vitória sobre a Argentina nas semifinais (1 a 0), depois de fracassos no Campeonato Sul-Americano e Jogos Pan-Americanos de São Domingos. "Não aceito perder o título depois de chegar a essa altura da competição", avisa Dudu Cearense, que briga pela artilharia do torneio - está empatado com Cavenaghi (Argentina), Johnson (Estados Unidos) e Sakata (Japão), com quatro gols. "O mais importante é ser campeão; se eu marcar o gol do título será melhor ainda."Marcos Paquetá não poderá contar com o volante Carlos Alberto, suspenso. Para o seu lugar, o escolhido é Jardel, que participou da derrota para a Austrália. O lateral Daniel, que também estaria suspenso, foi confirmado pelo treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.