Seleção chega às 5h30 a São Paulo

Os jogadores da seleção brasileira já se preparam para uma recepção nada calorosa na manhã desta quarta-feira, em São Paulo e no Rio, apesar do pequeno público que deve ir aos aeroportos. Afinal, a delegação chegará às 5h30 na capital paulista e às 7h20 no Rio. "Tenho certeza de que a recepção será desagradável, mas é normal, porque quando se ganha é elogiado e quando se perde é criticado", comentou o goleiro Marcos. A delegação deixou Cali no início da noite de hoje. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) iria dar prêmios, em dinheiro, ao elenco, caso conquistasse a Copa América. O valor, porém, ainda não havia sido definido. Por jogos das eliminatórias, os atletas não recebem nada. O desastre de Manizales não acabou com o prestígio da equipe entre os torcedores colombianos. Após o jogo, dezenas de pessoas foram até à porta do vestiário para esperar a saída dos ídolos e pedir autógrafos. O Brasil é muito querido no país. Os hondurenhos, que venceram com méritos, foram totalmente esquecidos. Poucos torcedores tiveram sucesso, porque os seguranças não deixavam que ninguém se aproximasse, mas só de vê-los, de longe, já demonstravam alegria. O futebol brasileiro ainda está sobrevivendo aos fracassos. Resta saber até quando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.