Nelson Almeida|AFP
Nelson Almeida|AFP

Seleção 'corintiana' faz Brasil se sentir em casa em Itaquera

Dos 23 convocados por Tite, apenas oito nunca haviam pisado no gramado da arena do Corinthians

Ciro Campos e Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2017 | 07h00

A seleção brasileira fez neste domingo o primeiro treino na Arena Corinthians, local do jogo desta terça-feira, contra o Paraguai, pelas Eliminatórias, e se sentiu plenamente confortável. Afinal, dos 23 jogadores sete defenderam o Alvinegro, mais outros seis integrantes da comissão técnica trabalharam no clube, como Tite, e somente oito atletas estiveram pela primeira vez no local.

A "base corintiana" da seleção tem como líder o técnico, Tite, responsável pela conquista de seis títulos do time e praticamente um anfitrião da arena em Itaquera. O estádio foi onde o treinador terminou de projetar a carreira antes de chegar à seleção, graças à vitoriosa passagem entre 2015 e 2016, quando disputou 53 jogos e teve 83% de aproveitamento no estádio.

O treinador gaúcho fez questão de levar com ele para a CBF antigos colegas de Corinthians, que formam a comissão técnica do Brasil. O filho dele, Matheus Bacchi, mais Cléber Xavier e Sylvinho são os auxiliares técnicos. Fábio Mahseredjian é o preparador físico. Na coordenação de seleções está Edu Gaspar, ex-gerente de futebol corintiano, além de jogador formado na base do Parque São Jorge.

No treino, aberto para a imprensa apenas nos 20 primeiros minutos, Tite cumprimentou ex-funcionários e caminhou pelo gramado enquanto os jogadores se aqueciam. Ele decidiu fechar a atividade para evitar o vazamento de informações.

O contato com o Corinthians não foi novidade para Fagner, Gil, Renato Augusto, Marquinhos, Paulinho, Willian e Weverton, todos com passagens pelo clube. "É a minha casa, aqui era o CT da base, onde morei cinco anos. Tenho boas recordações. No Corinthians, fui formado como homem e atleta. Estou feliz", disse Marquinhos.

Outros integrantes da equipe também já tinham entrado no estádio em outras ocasiões, como em jogos pelos seus times. Apenas oito jogadores dos 23 convocados (Ederson, Mariano, Filipe Luis, Miranda, Casemiro, Diego, Phillippe Coutinho e Firmino) pisaram neste domingo pela primeira vez na arena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.