Issouf Sanogo/AFP
Issouf Sanogo/AFP

Seleção da Copa Africana tem 7 atletas da Costa do Marfim

O carismático goleiro Robert Kidiaba é um dos representantes da República Democrática do Congo entre os melhores do torneio

Estadão Conteúdo

12 de fevereiro de 2015 | 14h04

A Confederação Africana de Futebol (CAF) divulgou nesta quinta-feira a seleção ideal da Copa Africana de Nações, realizada em Guiné Equatorial e vencida pela Costa do Marfim. E a entidade "escalou" um time com dois goleiros e domínio dos campeões, com sete jogadores marfinenses compondo a equipe ideal.

A CAF optou por dois goleiros, o marfinense Sylvain Gbohouo e Robert Kidiaba, que foi decisivo para a República Democrática do Congo terminar a Copa Africana de Nações na terceira colocação. Herói do título ao converter a cobrança final, o também goleiro marfinense Boubacar Barry só participou da decisão e não foi lembrado pela confederação no seu time ideal.

Além disso, a CAF optou por escalar um time com apenas três jogadores no sistema defensivo, sendo dois deles laterais: o marfinense Serge Aurier e Harrison Afful, um dos três jogadores de Gana escolhidos pela seleção, numa relação que inclui Christian Atsu, eleito anteriormente o melhor jogador do torneio.

Confira a seleção ideal da Copa Africana de Nações e as outras premiações, que já haviam sido divulgadas:

Goleiros: Sylvain Gbohouo (Costa do Marfim) e Robert Kidiaba (República Democrática do Congo)

Defensores: Serge Aurier, Kolo Touré (ambos da Costa do Marfim) e Harrison Afful (Gana)

Meio-campistas: André Ayew (Gana), Yaya Touré, Max Gradel, Gervinho (todos eles da Costa do Marfim) e Yannick Bolasie (República Democrática do Congo)

Atacantes: Christian Atsu (Gana) e Wilfried Bony (Costa do Marfim)

Melhor jogador: Christian Atsu (Gana)

Artilheiro: André Ayew (Gana), com três gols e duas assistências

Melhor goleiro: Sylvain Gbohouo (Costa do Marfim)

Gol mais bonito: Christian Atsu (Gana), o terceiro contra Guiné Equatorial, pelas semifinais

Seleção Fair Play: República Democrática do Congo

Jogador Fair Play: Kwesi Appiah (Gana)

Jogador Fair Play da final: Wilfried Bony (Costa do Marfim)

Melhor jogador da final: Afriyie Acquah (Gana)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.