Sergei Grits / AP
Sergei Grits / AP

Seleção da República Checa anuncia contratação de novo treinador

Equipe busca classificação para Eurocopa 2020 após ficar fora dos principais torneios entre seleções que poderia disputar

Estadão Conteúdo

18 de setembro de 2018 | 10h50

Longe das últimas edições da Copa do Mundo, a seleção da República Checa tenta se recuperar, de olho na Eurocopa de 2020. Nesta terça-feira, a federação do país anunciou a contratação do técnico Jaroslav Silhavy para substituir Karel Jarolim, demitido na semana passada.

Silhavy assinou contrato até dezembro de 2019, com opção de renovação por mais um ano caso a equipe conquiste a vaga na Euro. As Eliminatórias, que vão definir as 24 seleções classificadas, serão disputadas entre março e novembro do próximo ano. As chaves serão conhecidas em sorteio marcado para dezembro.

Ex-jogador da seleção, o novo treinador da equipe checa foi auxiliar técnico do treinador Karel Bruckner entre 2002 e 2008, ajudando o time a avançar às semifinais da Eurocopa de 2004. Além disso, liderou o Liberec e o Slavia Prague a títulos nacionais nos últimos anos.

Seus primeiros testes à frente da seleção será os duelos contra Ucrânia e Eslováquia, em outubro, pela Liga das Nações, nova competição idealizada pela Uefa.

Silhavy substituirá Karel Jarolim, demitido após a goleada de 5 a 1 diante da Rússia, em amistoso disputado na semana passada. O treinador comandava o time checo desde 2016.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.