Reprodução/ Sport
Reprodução/ Sport

Seleção do Iraque sacrifica ovelha para acabar com má fase, segundo TV

Equipe perdeu seus três jogos nas Eliminatórias da Ásia

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2016 | 09h53

Após uma série de três derrotas seguidas e nenhum ponto conquistado, o Iraque adotou um método nada convencional para tentar encerrar a má fase nas Eliminatórias da Ásia. Os jogadores da seleção assistiram à morte de uma ovelha, em um ritual que teria como objetivo "trazer novamente a sorte".

O time iraquiano, segundo a Al Kass Televisión, do Qatar, crê que com o sacrifício do animal, consiga reverter a situação na competição, onde ocupa a quinta posição do Grupo 2, estando à frente somente da Tailândia, por conta do saldo de gols sofridos (-4 a -5).

Logo na estreia, revés para a Austrália por 2 a 0. Em seguida, derrota para a Arábia Saudita por 2 a 1. Mesmo placar sofrido contra o Japão, em seu último compromisso.

A seleção volta a jogar nesta terça-feira, às 9h30, contra a Tailândia, pela quarta rodada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.