Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Seleção faz treino fechado na volta de Tite ao estádio do Corinthians

Técnico abre movimentação nos 20 minutos iniciais e deverá repetir o feito nesta segunda-feira

Ciro Campos e Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2017 | 17h28

Dois dias antes de encarar o Paraguai pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira esteve presente ao local do confronto para um treinamento. No Itaquerão, a equipe nacional realizou uma atividade quase toda fechada para a imprensa, que só teve acesso aos 20 minutos iniciais do trabalho. A atividade marcou o retorno de Tite ao estádio do Corinthians como treinador da seleção brasileira.

Na parte inicial do trabalho, o técnico da seleção brasileira conversou com funcionários do estádio, os cumprimentou, e deu voltas no campo, sozinho, tocando uma bola, enquanto seus jogadores aqueciam no meio-campo e depois em uma das laterais.

Tite viveu alguns dos momentos mais gloriosos da sua carreira na Arena Corinthians, tendo, por exemplo, conduzindo o time ao título do Campeonato Brasileiro de 2015 na sua última passagem pelo clube, um trabalho que sem dúvida o credenciou para assumir o comando da seleção no ano passado.

Antes do treino deste domingo, Tite já havia voltado ao Itaquerão recentemente, para acompanhar o clássico entre Corinthians e Santos, pelo Campeonato Paulista, tendo, inclusive, comemorado o gol marcado pelo centroavante Jô e que definiu o triunfo do time mandante por 1 a 0. Agora, porém, ele faz a sua volta efetiva ao estádio, trabalhando no campo.

O treino deste domingo foi o primeiro da seleção no Brasil em que Tite impediu a presença dos jornalistas durante a sua totalidade. Embora a seleção já esteja praticamente classificada à Copa do Mundo de 2018 após embalar uma sequência de sete triunfos nas Eliminatórias, o técnico optou pela privacidade para preparar a sua equipe.

A seleção brasileira volta a treinar na tarde desta segunda-feira no Itaquerão, na véspera do duelo com o Paraguai, marcado para as 21h45 de terça. E Tite vai repetir o expediente de fechar a atividade à imprensa, que só terá acesso a 15 minutos do trabalho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.