Fernanda Coimbra/ CBF
Fernanda Coimbra/ CBF

Seleção feminina goleia o Chile e Marta destaca evolução da equipe adversária

Time brasileiro garantiu o triunfo por 4 a 0, no estádio Diaguita, em Ovalle

Estadao Conteudo

26 de novembro de 2017 | 09h34

A seleção brasileira feminina goleou o Chile por 4 a 0 na noite de sábado, na casa do adversário, em amistoso que visa a preparação para a Copa América de 2018, que acontecerá no Chile, entre 4 e 22 de abril.

+ Às vésperas de sorteio da Copa, delator acusa futebol russo de doping

O duelo aconteceu no estádio Diaguita, em Ovalle, e o time brasileiro não encontrou dificuldades para superar a adversária. Érika, Rafaelle, Bia Zaneratto e Marta marcaram os gols da vitória.

Marta não enfrentava uma seleção sul-americana há mais de seis anos - em 2014 ela ficou de fora da Copa América, já que a competição não era data Fifa. Em campo, a capitã do time brasileiro destacou a melhora do futebol do time adversário.

"A evolução da equipe chilena é nítida, vem crescendo a cada ano. E isso é muito importante. É muito bom ver o crescimento e desenvolvimento do futebol feminino sul-americano - concluiu.

A principal novidade na seleção brasileira foi a estreia da jovem atacante Geyse, de 19 anos. Ela entrou no segundo tempo da partida, com o placar definido, mas foi importante para começar a sentir o ambiente da seleção.

"A Geyse é uma jogadora muito forte, que gosta de carregar a bola e arrastar as adversárias, um pouco parecido com o estilo da Bia. Foi bom vê-la em campo", avaliou o técnico Vadão.

O centroavante falou sobre a tensão em vestir a camisa do Brasil. "Estava muito nervosa quando o Vadão me chamou. Foi uma sensação maravilhosa poder jogar ao lado de atletas que eu sempre admirei", analisou Geyse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.