CBF
CBF

Seleção feminina goleia Suíça e termina Copa Algarve em 7º lugar

Com gols de Marta, Bia e Andressa, time se despede com 4 a 1

Estadão Conteúdo

11 de março de 2015 | 14h29

A seleção brasileira feminina de futebol encerrou nesta quarta-feira sua participação na Copa Algarve com uma goleada de 4 a 1 sobre a Suíça, na cidade portuguesa de Albufeira. Com gols de Marta (dois), Bia e Andressa Alves, a equipe comandada pelo técnico Vadão terminou a competição na 7ª colocação do torneio amistoso.

A Copa Algarve serviu de preparação para o Mundial do Canadá, que será disputada entre 6 de junho e 5 de julho deste ano. Na competição, o time brasileiro disputou quatro partidas, venceu duas, empatou uma e sofreu uma derrota, para a Alemanha. Foram sete gols marcados e quatro sofridos.

"A Copa Algarve faz parte de nossa preparação para a Copa do Mundo no Canadá em 2015. Sabíamos que enfrentaríamos grandes seleções, como a Suécia e a Alemanha", avaliou Vadão, que ainda terá um amistoso, justamente com as alemães, no dia 8 de abril, em Furth, na sequência da preparação brasileira para a competição no Canadá.

Para o treinador, a participação na Copa Algarve trouxe boas lições para o time brasileiro. "Temos que trabalhar as bolas longas, por exemplo. Em uma partida como a que tivemos contra as alemãs, esta pode ser uma solução", comentou.

Na partida desta quarta, Vadão aproveitou para testar jovens jogadoras, como Érika, Tamires e Andressinha, que entraram nas vagas das titulares Tayla, Maurine e Thaísa. O time foi escalado com Luciana; Fabiana, Bruna, Érika e Tamires; Rosana (Raquel), Formiga (Francielle), Andressinha e Andressa Alves; Marta e Bia (Gabi Zanotii).

REAPRESENTAÇÃO

Com o fim da Copa Algarve, as jogadoras brasileiras ganharão quatro dias de folga no retorno ao Brasil. No dia 17, próxima terça, o grupo vai se reapresentar para mais uma etapa de treinos, em Itu, no interior de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.