Divulgação/FFF
Divulgação/FFF

Seleção francesa, campeã na Rússia, recebe a Ordem Nacional da Legião de Honra

Condecoração foi instituída em 20 de maio de 1802 por Napoleão Bonaparte e recompensa os méritos eminentes militares ou civis à nação francesa

Redação, Estadão Conteúdo

01 de janeiro de 2019 | 12h14

Os 23 integrantes da seleção francesa de futebol campeã mundial na Rússia em julho foram homenageados, nesta terça-feira, com a Ordem Nacional da Legião de Honra. Esta condecoração foi instituída em 20 de maio de 1802 por Napoleão Bonaparte e recompensa os méritos eminentes militares ou civis à nação francesa.

O técnico Didier Deschamps e Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa de Futebol, além de outros cinco membros da comissão técnica também foram agraciados.

A França se sagrou bicampeã mundial, pois também ficou com o título em 1998. Para chegar à segunda conquista, os franceses, que estavam no Grupo C na primeira fase, superaram a Austrália (2 a 1) e o Peru (1 a 0), além de empatar sem gols com a Dinamarca.

Nas oitavas de final, os "Blues" eliminaram a Argentina, por 4 a 3, em um dos melhores jogos do Mundial. Nas quartas, em novo duelo com um rival sul-americano, A França derrotou o Uruguai por 2 a 0. A Bélgica foi vencida na semifinal, por 1 a 0, enquanto a Croácia acabou superada na decisão por 4 a 2.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.