Seleção olímpica goleia Catar por 4 a 0 e Ademilson faz dois

Em preparação para os jogos olímpicos de 2016, Brasil realiza série de amistosos no país do Oriente Médio, em duelo em Doha

Estadão Conteúdo

03 Setembro 2014 | 16h20

A seleção brasileira Sub-21, já em preparação parta o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio, começou bem a série de amistosos no Catar. Nesta quarta-feira, a equipe dirigida por Alexandre Gallo derrotou seleção Sub-22 do Catar por 4 a 0, em duelo disputado no Estádio Al Arabi, em Doha.

A seleção disputou a partida com a seguinte formação: Jacsson, Fabinho (Fabio Henrique), Wallace, Dória e Wendell (Douglas Santos); Alison (Vinicius Araújo), Lucas Silva e Rafinha Alcântara; Alisson (Vinicius Ribeiro), Ademílson (Douglas Coutinho) e Vitinho (Otávio).

O atacante Ademilson, do São Paulo, marcou dois gols, enquanto os outros foram feitos pelo zagueiro Dória, recém-contratado pelo Olympique de Marselha, e pelo atacante Vinicius Araújo, que recentemente se transferiu para o Standard Liège.

A partida foi disputada sob forte calor em um teste importante para Gallo observar como jogadores com idade para defender o Brasil na Olimpíada se saem com a camisa da seleção. E o Brasil abriu 2 a 0 logo na etapa inicial. No primeiro gol, aos 31 minutos, em jogada de bola parada, Alisson cruzou a bola na marca do pênalti. Lucas Silva pegou a sobra da bola raspada no meio da área e achou Dória livre. O capitão da equipe teve apenas o trabalho de empurrar a bola para a rede.

Depois, Ademilson ampliou aos 33 minutos, após receber lançamento de Wendell. O atacante dominou a bola, driblou o zagueiro, caiu, se levantou e chutou de canhota. O goleiro não conseguiu segurar a bola, que entrou na sua meta.

Depois, no segundo tempo, Ademilson fez 3 a 0 aos oito minutos da etapa final. No lance, Rafinha Alcântara achou Ademílson passando por trás dos zagueiros em velocidade. O atacante finalizou com o bico da chuteira para marcar o seu segundo gol na partida.

Com o placar elástico, Gallo fez várias mudanças no time. Primeiro entraram Vinicius Araújo, Otávio e Douglas Coutinho, nos lugares de Alison, Vitinho e Ademílson, respectivamente. Depois, Douglas Santos e Fabio Henrique substituíram Wendell e Fabinho nas laterais.

E Vinicius Araújo definiu a goleada por 4 a 0 da equipe Sub-21 do Brasil. Na jogada, Douglas Coutinho cruzou na cabeça do atacante. O goleiro espalmou, mas Vinicius Araújo pegou o rebote e finalizou para as redes, definindo a vitória da seleção olímpica.

A equipe que Gallo prepara para a Olimpíada não pôde contar com o zagueiro Marquinhos nessa série de amistosos. O zagueiro chegou a ser convocado pelo treinador, mas como também foi lembrado por Dunga para os jogos da seleção brasileira principal contra Colômbia, na próxima sexta-feira, e Equador, na próxima terça-feira, acabou sendo cortado.

Após o triunfo desta quarta-feira, a equipe dirigida por Gallo ainda fará outros dois amistosos em Doha. O primeiro deles será no próximo sábado, diante da equipe Sub-23 da Palestina, às 15 horas (de Brasília), no Estádio Al Gharafa. Depois, na próxima terça-feira, será a vez de o Brasil medir forças com a equipe principal do Líbano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.