Seleção poderá ficar em Hiroshima

Caso o Brasil se classifique para a Copa do Mundo de 2002, que será realizada em conjunto pelo Japão e Coréia do Sul, a seleção deverá ficar concentrada na cidade de Hiroshima - localizada a aproximadamente mil quilômetros ao sul de Tóquio. Ao menos no que depender da prefeitura da cidade. Em abril, uma missão japonesa - liderada pelo prefeito de Hiroshima, Sonkyo Nomura - deverá desembarcar no Brasil com o objetivo de oferecer as instalações da cidade para os tetracampeões do mundo.Nomura contou hoje que no ano passado recebeu uma carta do ex-presidente da Fifa, João Havelange, na qual o dirigente garantia que a seleção deveria ficar em Hiroshima, caso tivesse sua base no Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.