Gleb Garanich/Reuters
Gleb Garanich/Reuters

Seleção russa é recebida com festa por milhares de torcedores em Moscou

Equipe anfitriã caiu no torneio para a Croácia nos pênaltis, após empate em 2 a 2 ao fim da prorrogação

Estadão Conteúdo

08 Julho 2018 | 12h02

Milhares de pessoas se reuniram em Moscou neste domingo para comemorar com os jogadores da seleção russa o desempenho da equipe na Copa do Mundo. Os atletas e a comissão técnica da Rússia, eliminada nas quartas de final do torneio, subiram em um palco e encararam de frente a multidão, que ouviu uma promessa de melhora para o próximo Mundial, feita pelo técnico Stanislav Cherchesov.

+ CBF condena ofensas racistas e sai em defesa de Fernandinho: 'Todos iguais'

+ Presidente da Croácia vai ao vestiário celebrar vitória e é alvo de críticas

+ Fifa vai avaliar medidas contra encenação de atletas em faltas sofridas

"Queríamos ir mais longe, mas não conseguimos", disse o russo durante o evento. "Faremos melhor daqui a quatro anos, no Catar", prometeu o treinador em discurso aos presentes. De acordo com o Cherchesov, os torcedores foram em campo os jogadores "número 12, 13, 14, 15 e 16" da seleção.

"Será difícil sem vocês, portanto vamos todos juntos para lá", convocou o técnico, cobrando a presença da torcida no próximo Mundial, no Catar. A delegação da Rússia amanheceu em Sochi neste domingo, um dia depois de empate por 2 a 2 com a Croácia e derrota por 4 a 3 nos pênaltis.

País-sede em 2018, a seleção russa venceu duas partidas na chave inicial, por 5 a 0 contra Arábia Saudita e 3 a 1 contra Egito, perdeu para o Uruguai por 3 a 0 e se classificou às quartas de final após empate por 1 a 1 e triunfo nos pênaltis sobre a Espanha, por 4 a 3.

 

Desde que a União Soviética foi extinta, em 1991, a Rússia disputou sua quarta Copa do Mundo como país independente e pela primeira vez passou da fase de grupos, ao contrário das participações em 1994, 2002 e 2014.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.