Seleção sem Romário na Copa América

A grande surpresa da lista de 22 convocados para a Copa América foi a ausência de Romário. Ele vai ter de se submeter a uma pequena cirurgia e acabou dispensado por Luiz Felipe Scolari. A relação divulgada hoje pelo treinador traz duas novidades: os meias da seleção sub-20 Eduardo Costa, do Grêmio, e Fernando, do Juventude. Juninho Pernambucano, ex-Vasco, também fará parte do grupo. Scolari manteve fora da lista os jogadores Rivaldo, Cafu, Roberto Carlos e Antonio Carlos, como antecipou a Agência Estado no início da semana. Na lateral-direita, manteve Belletti e chamou Alessandro, do Atlético-PR, e optou por Júnior, da Parma, para a vaga de Roberto Carlos. Também surpreendeu a permanência do goleiro Dida na seleção, apesar de punido pela Justiça da Itália por uso de passaporte falso. "Enquanto não houver comunicado oficial da Fifa, o Dida vai estar conosco", assegurou Scolari. Ele adiantou que tem duas alternativas para a posição. Ao saber que a Copa América estaria suspensa, o treinador deu uma declaração bem humorada na entrevista coletiva. "Então, está suspensa também a convocação." Scolari fez outra modificação com relação ao grupo que vai seguir para Montevidéu, para o jogo com o Uruguai: convocou o zagueiro Juan, do Flamengo, em substituição a Antonio Carlos. "Estão dizendo que tem muita coisa diferente, mas quem não chamaria Juan, Juninho Pernambucano e Júnior em condições normais? São de excelente nível." Os quatro principais atletas da seleção que atuam no exterior não foram relacionados para cuidar de pequenos problemas médicos e também por que estão sem férias há vários anos. Sobre Romário, Scolari fez o seguinte comentário: "Conversei com ele, temos de fazer o possível para evitar que tenha uma outra lesão. Além disso, Romário tem uma cirurgia marcada, que até poderia ser adiada para o fim do ano, mas, acho que prefere fazer logo." Romário quer extrair uma pequena pele que se sobressai em um de seus olhos. RELAÇÃO - goleiros Marcos (Palmeiras) e Dida (Milan); laterais Alessandro (Atlético-PR), Belletti (São Paulo), Roger (Grêmio) e Júnior (Parma); zagueiros Cris (Cruzeiro), Lúcio (Bayern Leverkusen), Roque Júnior (Milan) e Juan (Flamengo); meias Emerson (Roma), Fábio Rochemback (Barcelona), Eduardo Costa (Grêmio), Fernando (Juventude), Juninho Paulista (Vasco), Alex (Palmeiras) e Juninho Pernambucano (Lyon); e atacantes Ewerthon (Corinthians), Geovanni (Cruzeiro), Euller (Vasco), Élber (Bayer de Munique) e Jardel (Galatasaray).

Agencia Estado,

27 de junho de 2001 | 19h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.