Claudio Reyes/AFP
Claudio Reyes/AFP

Seleção brasileira sub-20 volta a decepcionar e empata com a Colômbia no Sul-Americano

Na estreia do hexagonal final, time de Carlos Amadeu repetiu os defeitos da primeira fase

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2019 | 20h42

A seleção brasileira sub-20 voltou a decepcionar e não passou de um empate sem gols diante da Colômbia na estreia do hexagonal do Sul-Americano da categoria, nesta terça-feira. Em Rancagua, no Chile, a equipe de Carlos Amadeu mostrou os mesmos defeitos da primeira fase e teve que se contentar com o 0 a 0 na abertura do estágio final do torneio.


Se foi relativamente seguro defensivamente, o Brasil exibiu outra vez sua dificuldade para fazer gols. Com a partida desta terça, foram cinco já disputadas no Sul-Americano Sub-20, com apenas três gols marcados. Menos mal para a seleção que ataque da Colômbia tem desempenho ainda pior, com apenas dois gols.

Brasil e Colômbia largam com um ponto cada no hexagonal, enquanto Equador, Argentina, Venezuela e Uruguai ainda jogam nesta terça. Além do título continental, as equipes lutam pelas três vagas para o Mundial da categoria, que vai ser realizado na Polônia, entre maio e junho.


Nesta terça, a seleção brasileira começou tentando forçar o jogo, principalmente pela direita, por onde Emerson teve a primeira chance aos nove minutos, parando em Mier. Mas parou nisso. A Colômbia reagiu e foi melhor no restante da primeira etapa, perdendo boas chances com Tolosa, em rápido contra-ataque e aproveitando cruzamento da esquerda.


O segundo tempo começou com a Colômbia novamente em cima e parando em boa defesa de Phelipe, após tentativa de Angulo. A grande chance do Brasil aconteceu aos 12. Vitão apareceu de surpresa na área e cabeceou livre, mas não pegou bem e isolou.


O Brasil tinha mais a posse, rondava a área colombiana, mas pouco assustava. Em rara chance, Rodrygo cobrou falta na meia-lua e jogou por cima. Jonas Toró também teve bom momento após bate-rebate próximo ao gol adversário. Mas foi pouco. A Colômbia controlou com facilidade as armas ofensivas brasileiras e segurou o empate sem grandes sustos.


A seleção volta a campo na sexta-feira, quando encara novamente a Venezuela, equipe que derrotou na primeira fase. O confronto acontecerá às 23h10 (de Brasília), novamente em Rancagua. No mesmo dia, os colombianos terão pela frente a Argentina.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.