Eduardo Nicolau/Estadão
Eduardo Nicolau/Estadão

Seleção treina em São Petersburgo com Neymar e time titular confirmado

Tite define time titular com o atacante, liberado pleos médicos, e mesmos onze que iniciaram a partida contra a Suíça

Almir Leite, Leandro Silveira e Marcio Dolzan, enviados especiais / São Petersburgo, O Estado de S.Paulo

21 Junho 2018 | 10h38

Com Neymar em campo, a seleção brasileira encerrou nesta quinta-feira a preparação para o duelo com a Costa Rica, sexta, em São Petersburgo, na Arena Zenit, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo. A equipe realizou uma atividade no local do jogo e que só pôde ser acompanhado pela imprensa em seus 15 minutos iniciais.

+ Thiago Silva será o capitão da seleção brasileira contra a Costa Rica

+ Tite vive sob tensão pela primeira vez no comando da seleção

+ Marcação da Costa Rica e correção de erros foram os focos do treino, diz Sylvinho

Neste curto período de tempo, as atenções estavam voltadas para Neymar. Afinal, após sofrer dez faltas no jogo de estreia no Brasil no Mundial da Rússia - o empate por 1 a 1 com a Suíça - no domingo, foi poupado no treinamento de segunda-feira e deixou a atividade do dia seguinte logo nos minutos iniciais, por causa de dores no tornozelo direito. Mas o atacante já havia trabalhado no treino de quarta, que foi fechado à imprensa, em Sochi.

Nesta quinta, então, Neymar trabalhou na Arena Zenit. E não aparentou apresentar qualquer incômodo ou resquício de dores no tornozelo direito, embora os 15 minutos iniciais tenham sido extremamente leves - neste período, os jogadores apenas se aqueceram, para depois iniciarem um trabalho de movimentação.

 

Nesta segunda parte do trabalho, inclusive, Tite trabalhou com a formação titular, que vai enfrentar a Costa Rica após empatar por 1 a 1 com a Suíça. Assim, o Brasil vai entrar em campo nesta sexta-feira com a seguinte formação: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Neymar.

O duelo entre Brasil e Costa Rica será disputado a partir das 9 horas (de Brasília), na Arena Zenit. Enquanto a seleção brasileira empatou na sua estreia no Grupo E, os costarriquenhos perderam por 1 a 0 para a Sérvia, que nesta sexta-feira fechará a segunda rodada da chave em partida contra a Suíça, às 15 horas, em Kaliningrado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.